Coisas além do
pepsik-pepsik.blogspot.com ,
ou não.
Background Illustrations provided by: http://edison.rutgers.edu/
Reblogged from z-a-z-u-l-e-j-o  17,198 notes

É provável que um dia ela negue que tudo isso aconteceu, negue que foi bom ter acontecido, negue que foi importante, negue que algo mudou dentro da gente, daqui para o resto de nossos dias, a perder de vista. Mas estou lembrando de tudo isso agora, e que sei ela também está, aonde estiver. Mas não importa mais. Algumas pessoas apenas não nascem para ficar juntas, digo juntas-juntas, embora seus encontros físicos sejam bem românticos e inesquecíveis. Vai ver é isso que querem dizer quando dizem que tudo isso é um jogo. Se você foi derrotado, não faz sentido ficar depois assistindo as reprises dos melhores momentos. Só tope jogar se souber perder. E eu perdi. Nós perdemos. By Gabito Nunes. (via z-a-z-u-l-e-j-o)

Reblogged from z-a-z-u-l-e-j-o  199 notes

Dói menos deixar as pessoas irem embora. Dói menos saber que elas fizeram suas própriaa escolhas sem um pingo de dó, sem nenhum desespero. Eu deixo as pessoas irem, nunca gostei de forçar as pessoas a nada. Gosta da minha companhia? Fica, temos muita felicidade a compartilhar. Não se sente bem ao meu lado? Pode ir, passa um tempo longe, reflete se sou uma boa companhia pra você, analisa. Mas uma coisa eu quero que saiba de ante-mão, não to a fim de joguinhos de manipulação, de birras sem motivos, gosto de pessoas sensatas, que sabem o que querem, e principalmente, que saibam onde permanecer. By Gabriel Santos.  (via z-a-z-u-l-e-j-o)

Não te confessarei o meu sofrimento, porque ele te faria desgostar de mim.
Não te farei censuras: elas irritar-te-iam justamente.
Não te direi as razões que tu tens para amar-me, porque não as tens. A razão de amar é o amor.
Também não me mostrarei mais, tal como tu me desejavas. Porque tu já não desejas esse. Se não, amar-me-ias ainda.
Mas educar-te-ei para mim. E, se sou forte, mostrar-te-ei uma paisagem que fará de ti meu amigo. By Antoine de Saint-Exupéry